quero ver…

…se eu cair agora quem é que vai me levantar.

HQPVNFMS: Pulseira laranja

“A primeira volta é para eu me lembrar de quem eu realmente sou. A segunda, para não me esquecer da minha promessa. A terceira é para eu me conformar com o fato de que nunca seremos apenas duas pessoas no acordo.”

A opinião alheia

Olá. O post a seguir foi pensado há alguns meses. Não me culpem.

Continuar lendo

HQPVNFMS: Luz

“E eu sei, eu tenho a plena certeza, de que aqueles olhos pertencem somente a mim. Aqueles olhos mágicos, lindos, que me deixam inspirada facilmente. Com aqueles dois pontinhos flutuando bem no cantinho da íris. Eu tenho certeza de que são meus aqueles olhos de jacaré.”

HQPVNFMS: My Happy Ending

“As palavras foram ditas e eu ouvia como se estivesse ouvindo minha própria sentença. Talvez daqui a 5 anos eu não me frustre tanto.”

HQPVNFMS: Fantasma

De repente você se sente aflito. Vai tentar descobrir o porquê e, bem… Pra começo de conversa, a aflição que você está sentindo é mais ou menos “fudeu, por que diabos eu fui fazer aquilo?”, mas na verdade você não fez nada. Pelo menos nada que pudesse te deixar aflito. Aí sim você descobre que sua aflição depende totalmente de fatores externos e aí danou-se tudo, é claro, porque você não pode fazer nada, absolutamente NADA, para mudar a situação.
Nesse caso, aceite o que está por vir e reaja da forma mais natural possível quando acontecer, como se aquilo não tivesse exatamente nada a ver com você. Porque na verdade não tem. Não é sua culpa mesmo.
Depois que passar você não terá feito nenhum barraco ou passado algum vexame, já que esteve firme como uma rocha quando aconteceu tudo. E o melhor: ninguém nunca saberá que aquilo mexeu com você.

Master Chef

Boa noite Gabi! (eu leio esse blog)

Continuar lendo

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.